Jô indica o que precisa para fazer gol de novo: "Só voltar a alegria"

Atacante atleticano não balança as redes adversária desde o dia 10 de abril de 2014, em partida contra o Zamora-VEN

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE E FERNANDO ALMEIDA |

Falta alegria. Depois de estrear na temporada 2015 e passar em branco novamente, o atacante Jô pregou calma e acredita que necessita voltar a jogar com alegria para encerrar o jejum de gols que dura desde 10 de abril de 2014, em partida contra o Zamora-VEN, pela Copa Libertadores.

"Só voltar a alegria que eu tinha, jogar eu seu jogar, não desaprendi. Então é alegria, vontade de vencer, vontade de conquistar títulos novamente que tudo vai voltar ao normal", afirmou Jô.

Outro fator indicado pelo avançado para explicar a seca é a falta de ritmo de jogo, já que ele não atuava desde o início de novembro, na derrota para o Atlético-PR longe de Belo Horizonte.

"Estou voltando devargazinho, recomeçando agora, esse foi meu segundo jogo. Fiz o primeiro jogo depois de quatro meses, então devagar vamos voltando à velha forma, mas se Deus quiser voltando a fazer gols", comentou o atacante.

Além de voltar a marcar gols, Jô também indica que deseja ver o Atlético crescer ainda mais na temporada, principalmente diante da qualidade da equipe, que perdeu Diego Tardelli, mas teve a chegada de Sherman Cárdenas e Lucas Pratto.

"Está ainda distante do que a gente quer, mas está dentro do nosso padrão de jogo, claro que é o terceiro jogo, o segundo oficial. Dentro do Campeonato Mineiro a gente vai crescer muito, a equipe é muito boa, tem muitos jogadores com vontade de jogar, nosso time vai crescer muito ainda", finalizou.

Leia tudo sobre: atleticogalojogolalegria