Folia no meio da multidão

Apresentadores falam da importância do Carnaval e focam nos bastidores durante a cobertura da festa no Brasil

iG Minas Gerais | geraldo bessa tv press |

Afonso Carlos/Czn
undefined

Fantasias, confete, serpentina, pessoas pulando e vestidas em trajes mínimos são a base de qualquer transmissão de Carnaval que se preze. Com uma cobertura abrangente e influenciando boa parte de seus programas regulares, as principais emissoras nacionais pretendem manter a tradição em 2015. Globo, Band, SBT e Rede TV! já estão esquentando os tamborins para uma das festas mais populares do país. A partir de sexta-feira, dia 13, polos carnavalescos como as cidades do Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Recife passam a invadir em flashes ao vivo e transmissões especiais a programação das emissoras. Sob o núcleo de Boninho, é na sexta de Carnaval que a Globo dá o pontapé inicial do “Carnaval Globeleza” com a exibição dos desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial de São Paulo. Com narração de Monalisa Perrone e Chico Pinheiro, o desfile promete fortes emoções. “Carnaval é a festa da cultura brasileira. Fico muito feliz de continuar à frente dos desfiles”, destaca Chico.

Depois dos dois dias de folia em São Paulo, Fátima Bernardes e Luís Roberto apresentarão as escolas do Rio de Janeiro, diretamente da Marquês de Sapucaí. Além da dupla na narração, Tiago Leifert continua na “Esquina do Samba”. “No ano passado foi muito divertido. É bacana mostrar como as pessoas se sentem ao desfilar. Estão todas emocionadas”, conta Leifert.

Também na sexta, Band e SBT iniciam seus trabalhos na folia. Tradicionalmente, a Band sempre foi a maior entusiasta do desfile de blocos e bandas do Carnaval baiano. Porém, com o interesse do SBT na mesma festa, a emissora diversifica cada vez mais. Mobilizando cerca de 300 profissionais, a Band escalou nomes como Luiz Bacci, Patrícia Maldonado, Lígia Mendes, Téo José, entre outros, para se dividirem entre Salvador, Recife e Olinda. Estreante na festa, Luiz Bacci se mostra empolgado com a possibilidade de ancorar a programação. Ele conta com o auxílio de Patrícia Maldonado, apresentadora experiente quando o assunto é Salvador. “O trabalho é árduo, mas compensa. Já brinquei no chão como qualquer folião e já entrevistei grandes nomes dessa festa. Tenho um carinho muito especial pela folia de Salvador, foi lá onde conheci meu marido”, confidencia Maldonado, entre risos. Téo José é outro que tem boas histórias de Carnaval para contar. Pelo quinto ano, ele volta a Pernambuco para mostrar o frevo e o maracatu de Recife e Olinda. “É impressionante como as cidades se transformam para receber o Carnaval. Um dos eventos que mais me emocionam é o desfile do Galo da Madrugada”, destaca Téo, referindo-se ao famoso bloco.

Focado em Salvador, o SBT promete a cobertura mais completa dos blocos, trios e camarotes da Bahia. Com apresentação de Eliana e Celso Portiolli, a emissora pretende dar visibilidade aos 30 anos da Axé Music, ritmo popularizado na segunda metade dos anos 80.

A Rede TV! corre por fora para fazer sua programação de Carnaval. Já experiente em cobrir os bastidores, a emissora pretende se dividir entre as folias de Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro, mostrando os preparativos das musas das escolas de samba e dos trios elétricos, além das fofocas dos camarotes. O comando de toda a programação especial fica novamente por conta de Nelson Rubens. “A gente mostra o lado mais divertido e inusitado do Carnaval. Já estamos craques em buscar o que há de mais diferente”, valoriza o apresentador.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave