Morre escritora e cineasta argelina Assia Djebar aos 78 anos

Integrante da Academia Francesa faleceu em um hospital de Paris, três anos depois de ter sido considerada candidata ao Prêmio Nobel de Literatura

iG Minas Gerais | AFP |

Morre escritora e cineasta argelina Assia Djebar
Reprodução
Morre escritora e cineasta argelina Assia Djebar

A escritora argelina Assia Djebar, integrante da Academia Francesa, faleceu na sexta-feira (6) aos 78 anos em um hospital de Paris, três anos depois de ter sido considerada candidata ao Prêmio Nobel de Literatura, anunciou a rádio pública argelina.

A escritora nasceu em 30 de junho de 1936 em Cherchell, 100 km a oeste de Argel, em uma família da pequena burguesia tradicional.

Seu verdadeiro nome era Fatima Zohra Imalayène, mas como nome literário escolheu Assia Djebar.

A romancista, que também era cineasta, começou sua carreira literária em 1957 com "La Soif", seguida em 1958 pela obra "Les Impatients".

Assia Djebar foi a primeira mulher muçulmana a ser admitida na Escola Normal superior de Paris, em 1955.

Desde muito cedo, tomou partido pela independência de seu país, na época uma colônia francesa, mas optou pelo idioma francês para escrever.

Conhecida por seu compromisso em favor dos direitos das mulheres, Assia Djebar era considerada uma das autoras mais famosas e influentes do Magreb.

Sua obra literária foi traduzida a 23 idiomas, segundo o site da Academia Francesa, onde foi eleita em 16 de junho de 2005.

Leia tudo sobre: morteescritoracineastaargelinaAssia Djebar