Dirigente admite indefinição em negociação com Dátolo e Guilherme

Situação mais complicada é a de Guilherme, que tem contrato até março, mas está lesionado

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Guilherme vira opção para partida decisiva contra o Timão
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Guilherme vira opção para partida decisiva contra o Timão

Se o colombiano Sherman Cárdenas chegou para reforçar o meio-campo e ataque do Atlético, o setor tem atletas ainda sem permanência garantida no Galo até o fim de 2015. Além de Giovanni Augusto, Guilherme e Dátolo ainda negociam a renovação de vínculo com o clube.

Sobre Guilherme, que se recupera de uma lesão muscular na coxa direita, Maluf afirma que a situação não evoluiu nos últimos dias.

"Toda vez que veio falar de contrato do Guilherme, são mais dois, três capítulos dessa novela. Já dissemos que ele continue como jogador do Atlético. A conversa não avançou. Não quero que vire novela. Não tenho dúvida que o Atlético está mostrando o valor que ele representa, fazendo uma proposta boa. Depende do jogador", explica o dirigente. O contrato do meia-atacante vai até março.

Já o argentino Dátolo tem vínculo com o Galo até agosto. O próprio jogador disse que espera para negociar no momento certo. Maluf também diz que o caso também está indefinido.

"Um dos maiores ídolos da história do Atlético foi o Ronaldinho, todos os contratos dele renovamos em dezembro. O contrato do Dátolo termina em agosto. Se assinar um pré-contrato é uma prerrogativa dele. O procurador dele esteve em novembro, não aceitou a proposta. Vamos ver agora.A gente quer resolver antes. Senão, o contrato acaba, e o atleta vai embora. O futebol é assim". 

Leia tudo sobre: atleticogaloguilhermedatolofutebolrenovacao