Simeone promete "intensidade" no dérbi ; Ancelotti "não tem medo"

Treinadores de Real e Atlético de Madrid fizeram suas projeções para o jogo deste sábado

iG Minas Gerais | AFP |

Ancelotti afirma que time precisa analisar os erros para melhorar
REAL MADRID/ DIVULGAÇÃO
Ancelotti afirma que time precisa analisar os erros para melhorar

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, deixou claro nesta sexta-feira que prometia um dérbi "intenso" para o Real neste sábado, no estádio Vicente Calderón, mas o italiano Carlo Ancelotti garantiu que iria enfrentar os 'colchoneros' "sem medo" apesar dos desfalques.

-Vocês acham que os desfalques do Real Madrid terão alguma influência no resultado?

Carlo Ancelotti: "Não temos que nos preocupar com os ausentes, mas com aqueles que vão jogar. Estou muito tranquilo, porque sempre disse que o nosso elenco é competitivo. Meus jogadores vão mostrar isso amanhã (sábado). Confio na dupla de zaga Nacho-Varane (que substituirá os titulares Sergio Ramos e Pepe, lesionados), são ótimos jogadores, com muito entusiasmo e muita vontade de jogar".

Diego Simeone: "Não estamos pensando nos desfalques dos adversário. O importante é dar ao jogo o rumo que queremos. Temos muito respeito por todos os adversários e vamos enfrentar uma equipe com excelentes jogadores e um grande técnico".

-Este jogo é decisivo na luta pelo título?

C.A.: "São apenas três pontos em jogo, e isso vale para as duas equipes. É verdade que temos uma vantagem (sete pontos a mais na tabela), mas não quer dizer nada. Vamos dar o nosso máximo, usar todas as nossas qualidades. Na Copa do Rei, no mês passado (eliminação pelo Atlético nas oitavas de final), jogamos mal. É um momento importante da temporada, um dérbi. Isso tudo cria certa expectativa, e muita motivação para toda a equipe. Estamos preparados e tenho certeza que vamos jogar bem".

D.S.: "Pensamos apenas no jogo de amanhã (sábado), não no que pode acontecer em maio. A nossa vida está focada no amanhã, então não vamos atrapalhar a nossa concentração com informações sobre o que pode acontecer ou não no futuro".

-O Atlético de Madri foi criticado nas últimas semanas por jogar de forma muito ríspida. O que vocês acham disso?

C.A.: "Jogaremos sem medo. O Atlético está fazendo um bom trabalho, principalmente na parte defensiva. Neste quesito, é uma das melhores equipes do mundo. Estamos pensando numa forma de desestabilizá-los".

D.S.: "Não sabemos jogar de outro jogo. A intensidade é a nossa caraterística, e não vamos mudar de maneira alguma. No futebol, é possível vencer de várias maneiras, e procuramos a maneira que condiz com as caraterísticas dos nossos jogadores e com a nossa história. Estou satisfeito por ter conseguido armar o Atlético do maneira que sempre jogou na sua história: uma equipe de contra-ataque, forte e intensa".

Leia tudo sobre: real madridatletico de madridespanholclassicofutebolderbi