‘Coisa podre’

iG Minas Gerais |

Facebook/Reprodução
undefined

Criolo e Ivete Sangalo farão uma turnê em homenagem ao Tim Maia com o patrocínio de uma empresa de cosméticos. Daí que o sobrinho do Síndico, ED MOTTA, não gostou nadinha dessa notícia. Na internet, Ed reclamou muito e definiu a proposta como “coisa podre”. “Uma empresa de creme me procurou para fazer o projeto Tim Maia, mas a grana não era compatível com meu desprazer. Para mim, a música do Tim é intocável”, escreveu ele, dando ainda um pitaco: “O cara que teria realmente cabedal para um tributo ao Tim Maia seria o Claudio Zoli”. A Nivea, empresa responsável pelo projeto, então, se manifestou. “Lamentamos a estranha declaração do senhor Ed Motta, que jamais foi contatado ou consultado pela Nivea”, informa o comunicado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave