Operação no Rio apreende mais de uma tonelada em mercadorias irregular

A operação tem autorização de atuar na apreensão de drogas, armas e produtos pirateados e combater crimes ambientais

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Dois dias da Operação Lança Perfume, no Posto Fiscal de Nhangapi, em Itatiaia, na região sul fluminense, foram suficientes para apreender 1.400 quilos de mercadorias irregulares. De acordo com a Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro, responsável pela operação, a ação começou na terça-feira (3) e contou com o apoio da Receita Federal e da Secretaria de Estado de Fazenda. A operação tem o objetivo de combater a entrada, no Rio, de mercadorias com indícios de pirataria e sem documentação fiscal.

De acordo com a secretaria, a carga irregular saía do bairro do Brás, em São Paulo, para ser distribuída nos mercados populares do Rio. Além de bonés, foram recolhidos, camisas, brinquedos, bermudas, óculos, bolsas de diversas marcas e produtos eletrônicos. Após a operação, o destino das mercadorias foi o depósito da Receita Federal no Rio de Janeiro.

A Operação Lança Perfume ocorre dentro da Operação Barreira Fiscal que é feita em cinco postos fixos de fiscalização do trânsito de mercadorias para coibir a sonegação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Eles se localizam em Nhangapí (Via Dutra, em Itatiaia), Levy Gasparian (BR-040), Mato Verde (BR-101 Norte), Angra dos Reis (BR-101 Sul) e Timbó (RJ-186, no Trevo de Itaperuna). Os agentes utilizam ainda uma unidade volante, para percorrer as principais rodovias do estado. A operação tem autorização de atuar na apreensão de drogas, armas e produtos pirateados e combater crimes ambientais.

Pelos dados da secretaria, de1º de fevereiro de 2010 até hoje (5), foram cumpridos 168 mandados de prisão e apreendidas 19 toneladas de produtos ilegais. Nesse período, os agentes da Barreira Fiscal também apreenderam 81 armas, 5.650 munições de pequeno e grosso calibre e aproximadamente 1.880 quilos de drogas. Houve ainda a recuperação de 22 veículos. Foram registradas também 8.530 ocorrências de diversos crimes, a maioria (7.342) por porte de entorpecentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave