Lodeiro veste a camisa 10 e diz que era impossível dizer não ao Boca

O time argentino aceitou pagar R$ 7,5 milhões para comprar 50% dos direitos econômicos do jogador

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A camisa 10 do Boca já foi de Maradona e de Riquelme, recém-aposentado e agora pertencerá ao uruguaio
Facebook Boca Juniors
A camisa 10 do Boca já foi de Maradona e de Riquelme, recém-aposentado e agora pertencerá ao uruguaio

O meia uruguaio Lodeiro, que estava no Corinthians, foi apresentado nesta quinta-feira (5) como novo reforço do Boca Juniors.

No clube argentino, o jogador vai vestir a camisa 10, que já foi de Maradona e pertencia a Riquelme, já aposentado dos gramados.

"Para mim, é uma honra vestir essa camisa e encarar este desafio. Eu pedi a [camisa] 10. A de número 14 me acompanhou e significa muito para mim, mas a 10 do Boca é um desafio muito grande", disse Lodeiro em sua apresentação.

"O Corinthians queria que eu jogasse lá neste ano, mas quando aparece o Boca é impossível dizer não a um clube tão grande", afirmou o meia.

Lodeiro chegou a ser escalado como titular para a estreia corintiana no Campeonato Paulista, contra o Marília, no último domingo (1º). Mas a uma hora do pontapé inicial, Tite decidiu tirá-lo da delegação porque a diretoria o avisou que o desfecho da transação estava próximo.

O Boca Juniors aceitou pagar R$ 7,5 milhões para comprar 50% dos direitos econômicos do jogador. Os 50% restantes pertencem a um fundo de investimento.

O técnico do Boca, Rodolfo Arruabarrena, avisou que Lodeiro deverá ser titular do time no Campeonato Argentino e na Libertadores.

Leia tudo sobre: lodeiroboca juniorscamisa 10argentinacorinthians