Dez homens ateiam fogo em ônibus coletivo de Mariana

Duas casas foram atingidas e objetos, destruídos; foi o terceiro caso de depredação de veículo na cidade nesta semana

iG Minas Gerais |

Veículo foi completamente destruído pelo fogo na noite dessa quarta-feira (4)
Corpo de Bombeiros/Divulgação
Veículo foi completamente destruído pelo fogo na noite dessa quarta-feira (4)

Um ônibus foi incendiado na noite dessa quarta-feira (4), no bairro Cartuxa, em Mariana, na região Central de Minas Gerais. Segundo a Polícia Militar da cidade, cerca de dez homens encapuzados entraram no coletivo parado e jogaram a gasolina que carregavam. Dois homens foram identificados e três tiveram seus primeiros nomes revelados.

De acordo com o motorista do ônibus, Gilmar da Conceição Fernandes, de 46 anos, e a cobradora Rosângela Geralda Drumond, de 52, os indivíduos aproveitaram que o veículo estava parado para desembarque dos passageiros e entraram para incendiá-lo. O galão de gasolina estava sob responsabilidade de dois homens, que começaram a preparar o ateamento do fogo, momento em que os demais passageiros desceram.

Veja as imagens do Corpo de Bombeiros:

As chamas atingiram parte da rede elétrica de duas casas da região. Em uma delas, o fogo alcançou uma janela e a madeira do telhado, conta o morador Neder de Oliveira, de 62 anos. Já na casa de Flávio Nepomuceno, de 38, o dano foi nos eletrodomésticos, como na TV, no aparelho de som e em um equipamento 3D, além de um colchão, documentos pessoais e peças de vestuário, de acordo com a Polícia Militar de Mariana.

Suspeitos identificados

Durante as buscas realizadas pela PM, foi constatado que um rapaz deu entrada no hospital local com queimaduras. Na verificação junto à unidade de saúde, descobriram que se tratava de um dos envolvidos no crime. O jovem tem 18 anos e está hospitalizado com escolta policial e sem risco de morte iminente. Um deles está foragido e outros três tiveram apenas seus primeiros nomes conhecidos.

O ônibus ficou completamente destruído, e a motivação do ato ainda não foi revelada. A Polícia Militar do município continua apurando os fatos, e a perícia técnica foi acionada.

Casos na semana

Este é o terceiro caso de depredação de veículos públicos em uma semana na cidade. Na terça-feira (3), um carro da Secretaria Municipal de Saúde foi incendiado no bairro Santo Antônio durante um protesto por conta de prisões realizadas no local. No mesmo dia, um ônibus teve os vidros estilhaçados também em protesto, este motivado pela falta d'água no bairro São Cristóvão. 

Leia tudo sobre: mariana