Destaque nos treinos, Arrascaeta não vê a hora de fazer sua estreia

Uruguaio tem impressionado na preparação para os jogos e garante estar em sua melhor condição física para jogar

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Giorgian De Arrascaeta ganha condição de fazer sua estreia pelo Cruzeiro
Washington Alves/Light Press
Giorgian De Arrascaeta ganha condição de fazer sua estreia pelo Cruzeiro

Ele está pronto, e com muita gana para entrar em campo e fazer o que sabe de melhor. Nos treinos, sua qualidade técnica é inegável. Com passes precisos e uma visão de jogo que surpreende. Mas ele não quer ficar apenas nisto. Domingo, contra a Caldense, no Mineirão, ele tem a oportunidade de mostrar que seu futebol pode ser ainda mais vistoso, agora em um jogo oficial.

"Como se treina, é como se joga. Minha característica é esta, de dar mobilidade, fluidez no toque de bola. Vou tratar de dar o meu melhor para a equipe, estou com muita gana para começar a jogar", afirma Arrascaeta, que também garante estar 100% pronto para a estreia. "Fisicamente eu estou muito bem. Tenho treinado muito bem, estou na minha melhor forma física", completa.

Camisa 10 de origem, Arrascaeta traz opções ofensivas variadas para Marcelo Oliveira, que pode trabalhar com um meia central, fixo, distribuindo as jogadas, ou ter um jogador deslocando-se pelas pontas, trabalhando com os atacantes e laterais.

"Isto depende da posição que o técnico me pede. Por minhas condições, eu gosto de jogar do meio campo para frente, tratando de buscar sempre o ataque", analisa.

E para atingir ou superar o nível de futebol apresentado no Defensor Sporting-URU, no ano passado, Arrascaeta já percebeu que terá que melhorar seu porte atlético.

"A capacidade aeróbica dos jogadores daqui do Brasil é muito grande, gostam do jogo físico, estou me esforçando muito para atingir este nível", destaca.

Mas a barreira física parece ser mínima ante a vontade do atleta de entrar em campo. Conhecedor do Mineirão, já que esteve em campo no empate entre Cruzeiro e Defensor, por 2 a 2, pela fase de grupos da Libertadores do ano passado, o jogador espera repetir o sucesso que teve no estádio, só que agora com a camisa estrelada.

"Eu tenho uma linda lembrança do Mineirão, mas jogava do outro lado. Espero que agora seja bom da mesma forma, com a camisa do Cruzeiro. Com muitos gols e bom futebol. Tenho que tratar de tentar de ganhar tudo”, concluiu. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaarrascaetatreinofutebolestreiamineirão