Nova fase da Lava Jato foca em empresas laranjas

Entre os detidos está o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto; ele foi encaminhado para prestar depoimento e deve ser liberado nesta quinta (5)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Polícia Federal iniciou a nona fase de investigação da operação Lava Jato nesta quinta-feira (5). Em entrevista coletiva, os investigadores esclareceram que várias empresas estão sendo alvos da operação, com isso, mandados de busca e apreensão estão em andamento. Até então, seriam ao todo 26 empresas, sendo que 24 são de fachadas, segundo a PF.

Uma empresa de Santa Catarina, responsável pelo fornecimento caminhões de combustível e tanques, estaria envolvida em esquema com a BR Distribuidora. A operação, nomeada de 'May Way', focará nas denúncias apuradas a respeito da área de serviços da Petrobras. Até agora, um executivo foi preso em Santa Catarina. Uma grande quantidade de dinheiro também foi apreendida em um cofre. 

O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, é um dos alvos da operação e foi levado para prestar um depoimento, com mandado de condução coercitiva.