Dátolo deixa disputa de lado e exalta chegada de Cárdenas

Argentino afirmou que não se preocupa com a concorrência de mais um atleta para uma vaga no meio-campo alvinegro

iG Minas Gerais | Diego Costa |

Parceiro de Luan, Dátolo quer seguir dando alegria aos torcedores
NIDIN SANCHES / O TEMPO
Parceiro de Luan, Dátolo quer seguir dando alegria aos torcedores

O acerto do Atlético com o colombiano Sherman Cárdenas deixa a disputa ainda mais acirrada entre os jogadores do meio-campo do Galo. Um dos principais nomes do setor, o argentino Dátolo comemora a chegada de mais um atleta para time atleticano. Ele aprovou a contratação do colombiano.

"Foi boa. Tudo que vem para o Atlético é sempre bem-vindo. Um jogador muito importante. Vai ajudar muito a gente. Vamos torcer que se adapte rapidamente, que possa ter um bom ano", disse o argentino.

Sobre uma possível disputa pela titularidade com o colombiano ou mesmo jogar ao lado dele, Dátolo preferiu enaltecer o fortalecimento do grupo.

"É um reforço para o time. Aqui não tem vaidade. A gente vai torcer um para o outro. Tem a briga normal pela vaga. Qualquer time acontece isso. Será um companheiro a mais e vamos ter que contar com ele", destacou.

Com a chegada de Cárdenas, o Atlético fica com três atletas estrangeiros no elenco. Além de Dátolo, o argentino Lucas Pratto é outro gringo no atual time do Galo. Do outro lado, o arquirrival Cruzeiro também aposta em reforços vindos do exterior, como o camaronês Joel, o uruguaio De Arrascaeta e o chileno Felipe Seymour.

Para Dátolo, a situação do mercado do futebol brasileiro chama a atenção dos jogadores de outros países sul-americanos.

"Eu sempre tive o sonho de jogar no Brasil. Tem muitos jogadores de qualidade aqui. Eu acho que, hoje em dia, o futebol brasileiro, é um mercado que está crescendo. Da América do Sul, o Brasil é o que mais exporta para fora. O mercado hoje está mais aquecido", concluiu. 

Leia tudo sobre: futebolatléticodátolocárdenasconcorrênciafutebol sul-americano