Encrenca boa para Levir Culpi

Meia colombiano chega nesta quinta a Belo Horizonte para exames médicos e assinar o contrato

iG Minas Gerais | Diego Costa / Fernando Almeida |

Chega hoje. 
Colombiano Cárdenas chega ao Galo com a missão de ser o homem de criação no meio
RAUL ARBOLEDA
Chega hoje. Colombiano Cárdenas chega ao Galo com a missão de ser o homem de criação no meio

O Atlético se mexeu nos bastidores com pouco barulho e conseguiu fechar as já planejadas contratações para 2015. A última, o colombiano Sherman Cárdenas, desembarcará no Aeroporto Internacional de Confins, às 7h31 desta quinta, no voo da companhia aérea Copa Airlines.

No início de sua caminhada como presidente do Galo, no começo de dezembro, Daniel Nepomuceno levou ao técnico Levir Culpi o nome de dois jogadores estrangeiros: o atacante argentino Lucas Pratto e o meia colombiano Cárdenas.

O impulso inicial foi avançar no argentino diante das poucas opções no ataque para o ofício de centroavante – Jô e André foram perdoados, mas ainda buscam recuperar a moral no grupo atleticano. O ímpeto atleticano só foi direcionado para Cárdenas após uma sequência de fatores que se desenrolaram antes e durante a pré-temporada: saída de Diego Tardelli e lesões de Giovanni Augusto e Guilherme, que mantém sua permanência no Galo indefinida – contrato acaba em março.

A diretoria do Galo, então, virou suas forças para Medellín e tirou o colombiano do Atlético Nacional-COL, deixando para Levir Culpi o “problema positivo” de acirrar ainda mais a briga pela titularidade.

Diante das partidas observadas pela comissão técnica do Galo, Levir Culpi está ciente de que Cárdenas transita entre o centro do campo na articulação de jogadas e investidas pelos dois lados, e a atuação mais fixa pela esquerda, com avanços em velocidade. Com essas características, os adversários do colombiano para chegar aos 11 principais não são poucos (veja infrográfico abaixo) e estão crescendo de rendimento, casos de Carlos e Dátolo.

Empolgado. Após a confirmação de sua contratação, Cárdenas deu entrevista para um grupo de jornalistas e aproveitou os microfones para exaltar a torcida atleticana, o Independência e a estrutura do Atlético.

“O Mineiro (Atlético) é um clube que vai disputar a Libertadores; é um grande clube, que tem uma estrutura muito boa. A torcida é grande. E o estádio onde jogam também. Empurra os jogadores”, disse o meia.

Lesionados Previsão de retorno. Com uma entorse no joelho esquerdo, o lateral-esquerdo Douglas Santos vai desfalcar o Galo nas duas próximas rodadas do Mineiro, contra o Mamoré, no sábado, e o Democrata-GV, no dia 14. Ele deve retornar somente na estreia do Galo na Libertadores, no dia 18, contra o Colo-Colo, no Chile. Já o meia Giovanni Augusto, que rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo, ficará de molho ao menos por 30 dias, segundo o DM atleticano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave