Memórias, ensaios e bastidores compartilhados com o público

Grupo Corpo revê seus 40 anos de trajetória em breves vídeos publicados no YouTube a partir desta quinta

iG Minas Gerais | daniel toledo |

“Missa do Orfanato”, de 1989, é o balé mais antigo ainda em repertório
José Luiz Pederneiras/Divulgação
“Missa do Orfanato”, de 1989, é o balé mais antigo ainda em repertório

Em atividade desde 1975, o Grupo Corpo dá início, nesta quinta, a uma ação que revisita sua trajetória e compartilha com o público vídeos inéditos que remetem aos 33 espetáculos já realizados pela companhia. Reunindo imagens de ensaios, bastidores, curiosidades e trechos de espetáculos, os vídeos são publicados semanalmente, na página oficial do grupo no YouTube.

“Entendo esses vídeos como um modo de ter o público um pouco mais perto da gente, sobretudo nesse momento em que comemoramos 40 anos. Por trás de cada uma de nossas estreias, há muitas histórias e curiosidades, e acho que muita gente pode se interessar por isso”, aposta o coreógrafo Rodrigo Pederneiras.

Fora do repertório do grupo já ha algum tempo, o fundador “Maria Maria”, de 1976, é o espetáculo que conduz o vídeo inaugural da retrospectiva. “É claro que os vídeos daquela época não têm um centésimo da qualidade dos que produzimos, mas rever esses materiais é sempre uma experiência muito prazerosa, além de uma oportunidade para trazer de volta bailarinos que passaram pela companhia, aos quais a gente deve muita coisa”, observa Pederneiras, que aponta “Prelúdios”, de 1985, e “Canções”, de 1987, como outros espetáculos que deixaram bastantes saudades.

Além de refrescar a memória do público em relação às criações já realizadas pelo Corpo, a iniciativa também mira o futuro, prevendo uma série de vídeos relacionados aos processos de criação dos dois próximos espetáculos da companhia – ambos com previsão de estreia para agosto deste ano.

Enquanto um deles terá trilha sonora criada por Marco Antônio Guimarães, do Uakti, e interpretada pela Filarmônica de Minas Gerais, o outro será coreografado a partir de composições do músico Samuel Rosa, do Skank. “Já recebemos a trilha sonora criada pelo Marco Antônio, e estou começando a fazer alguns testes com os bailarinos. A música do Samuel, por outro lado, deve chegar no mês que vem”, revela Pederneiras.

Na internet

Para acompanhar a retrospectiva do Grupo Corpo, acesse a página:

youtube.com/GrupoCorpoOficial

Todos os vídeos têm direção de Janaína Patrocínio e supervisão de Cláudia Ribeiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave