Dana White se pronuncia e garante apoio a Anderson Silva

Presidente do UFC informou ainda que Spider segue mantido como técnico do The Ultimate Fighter Brasil

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Após o lutador brasileiro Anderson Silva se pronunciar sobre a acusação de doping e negar o uso de qualquer substância proibida para "aumento de performance", o presidente do UFC, Dana White, pronunciou-se, na noite desta quarta-feira, por meio de um comunicado publicado no site oficial da entidade.

No texto, White destacou a carreira de Spider e mostrou total apoio ao lutador, frisando que, em nove anos, nunca viu o lutador envolvido em escândalo pelo uso de substância proibida no esporte. O presidente do UFC ainda evitou qualquer julgamento e afirmou que irá garantir que todo o processo de investigação se dará da maneira mais correta possível. Enquanto isso, Dana informou que Spider segue mantido como técnico do The Ultimate Fighter Brasil.

Anderson Silva foi flagrado em exame antidoping por uso de drostanolona, um esteroide anabolizante que melhoraria a performance do lutador no octógono. O fato se tornou público após o UFC divulgar um comunicado no início da madrugada dessa quarta-feira.

Confira a nota de Dana White na íntegra:

"Anderson Silva tem sido um dos maiores atletas que o esporte já viu. Ele tem uma longa e única carreira nas artes marciais mistas. Em nove anos com o UFC, Anderson nunca testou positivo para uma substância proibida. Nos guiando por isso, queremos garantir que Anderson teve todo o processo legal e iremos apoia-lo durante todo esse período. Durante o processo, ele continuará sendo o técnico do The Ultimate Fighter Brasil. Claro que vamos continuar acompanhando as ações da Comissão Atlética de Nevada.

Apoiamos irrestritamente o programa de testes da Comissão fora do período de competição, o qual temos financiado quando solicitado ao longo dos últimos dois anos. Testes dessa natureza são importantes para manter o esporte limpo. O diretor do laboratório de Salt Lake City já explicou o tempo de divulgação e o motivo pelo qual a comissão e o UFC não receberam os resultados antes do dia 3 de fevereiro, após a luta.

Uma vez que todos os resultados têm sido tornados públicos e a Comissão Atlética de Nevada tem tomado suas decisões, continuaremos respeitando o processo e avançando nesse sentido".

Leia tudo sobre: ufcdana whiteanderson silvaspiderdoping