Após 14 anos, Serena Willians voltará a disputar o Indian Wells

Melhor tenista da atualidade e a irmã Vênus boicotaram a competição pelo preconceito de parte da torcida em 2001

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

SITE OFICIAL SERENA WILLIAMS
undefined

Melhor tenista do mundo na atualidade, líder do ranking entre as mulheres e uma das maiores vencedoras do tênis de todos os tempos, a americana Serana Willians anunciou, nesta quarta-feira, que voltará a disputar, após 14 anos, o WTA Premier de Indian Wells, um dos maiores campeonatos do circuito.

A informação foi confirmada pela própria tenista e divulgada pela revista americana “Time”. O boicote de Serena, acompanhado pela irmã Venus, foi motivado por injúrias raciais sofridos pela atual número 1 no torneio em 2001.

“Jogo pelo amor ao esporte e com todo esse amor na cabeça, e com um novo entendimento do que é o perdão, é que anuncio que voltarei a Indian Wells em 2015”, anunciou a atleta.

A decepção de Serena Willians com a competição teve início em 2001. Ela se recusou a entrar em quadra na semifinal contra a irmã Vênus, que sofria de uma tendinite no dia do jogo. A decisão não foi bem aceita pela torcida. Além das vaias, parte do público presente fez insultos racistas contra a tenista. Desde então, ela e a irmã decidiram não mais atuar em Indian Wells.

Apesar de ter se sagrado campeã, ao bater a belga Kim Clijsters na final, Serena disse que o episódio foi um duro golpe. “Pensei em voltar à Indian Wells durante minha carreira e disse a mim mesma que nunca mais jogaria lá. Isso me assustava. Como seria se entrasse em quadra e fosse vaiada? Um pesadelo começaria novamente. Foi duro, para mim, esquecer as horas que passei chorando no vestiário depois de vencer em 2001, dirigir de volta para Los Angeles sentindo que havia perdido o maior jogo de todos os tempos, não apenas um jogo de tênis, mas uma luta pela igualdade”, desabafou.

A lembrança triste, no entanto, não apaga os bons momentos que a tenista viveu em Indian Wells e que ela guarda com carinho. “Foi lá que venci minha primeira partida como profissional, em 1997, com a minha irmã nas duplas. Minha primeira grande vitória aconteceu lá, quando bati Steffi Graf na final de 99”, recordou.

A irmã de Serena, no entanto, não participará da edição do torneio em 2015. 

Leia tudo sobre: Serena Willians14 anosretornoIndian Wellsboicoteinjuria racialracismopreconceitoVenus