Suspeito de furtar mais de R$ 100 mil de empresa é detido no Céu Azul

De acordo com a Polícia Civil, ele é parte de um grupo suspeito de furtar equipamentos como baterias e aparelhos de TV a cabo de uma empresa de telecomunicações

iG Minas Gerais | Jhonny Cazetta |

CIDADES - BELO HORIZONTE - MG . ROUBO GVT .
HOMEM E APRESENTADO SUSPEITO DE ROUBAR BATERIAS DE INTERNET, REVENDER E FAZER GATO DE TV A CABO . 
FOTO: MOISES SILVA /  O TEMPO 4-2-2015
MOISES SILVA / O TEMPO
CIDADES - BELO HORIZONTE - MG . ROUBO GVT . HOMEM E APRESENTADO SUSPEITO DE ROUBAR BATERIAS DE INTERNET, REVENDER E FAZER GATO DE TV A CABO . FOTO: MOISES SILVA / O TEMPO 4-2-2015

Após cerca de dois meses de investigação, a Polícia Civil prendeu um homem suspeito de participar de um grupo criminoso que teria furtado mais de R$ 100 mil em objetos de uma empresa de telecomunicação, em Belo Horizonte. O assaltante, de 27 anos, teria participado de pelo menos um dos assaltos do grupo.

“Nós temos conhecimento, por meio de confissão, que ele roubou seis baterias estacionárias, avaliadas em R$ 6 mil cada uma. Ele vendia esses objetos, que são usados principalmente para carros automotivos”, afirmou o delegado do caso, Matheus Cobucci.

De acordo com o policial, o suspeito também furtava aparelhos de TV a cabo e modems de internet. “Parte desses aparelhos ele vendia e outra parte ele instalava clandestinamente, cobrando cerca de R$ 500. Ele foi preso em flagrante após ter acertado com um investigador essa instalação irregular”, afirmou o policial.

O suspeito a foi preso no bairro Céu Azul, em Venda Nova, e está detido no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na região Oeste da capital. À reportagem, ele confessou o roubo de seis carregadores, mas negou envolvimento nos demais crimes.

Ele já tem passagens na polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. As investigações irão continuar com o objetivo de identificar os outros membros do grupo criminoso e também os receptadores dos produtos roubados. 

 

Leia tudo sobre: roubogvtempresatelecomtv a cabomodembateriapresogameleiravenda novaceu azul