Médico diz que lutador Silva está 'desapontado'

Márcio Tannure ressaltou que conversou com Anderson e afirmou acreditar que o lutador é inocente

iG Minas Gerais | Folhapress |

Anderson Silva quer nova oportunidade de conquistar o cinturão
UFC/REPRODUÇÃO
Anderson Silva quer nova oportunidade de conquistar o cinturão

Médico da Comissão Atlética Brasileira do MMA, Márcio Tannure disse nesta quarta-feira (4) que o lutador Anderson Silva está "desapontado" por causa da acusação de doping.

Tannure ressaltou que conversou com Anderson na terça (3) e afirmou acreditar que o lutador é inocente. Segundo o UFC, o brasileiro testou positivo para o esteroide drostanolona.

"Ele está chateado e desapontado, porque ele me disse que não fez uso dessa substância e acho que é cedo para fazer qualquer julgamento", disse Tannure em entrevista para a rádio Band News.

"Ele vai pedir uma contraprova. Acredito que tenha sido um erro do laboratório. Ele acredita que possa ter tido uma contaminação. E ele disse 'eu tenho um histórico exemplar na minha carreira e não gostaria que, por causa de alguma erro, sujasse essa imagem'", afirmou.

Ainda de acordo com Tannure, Anderson só deve se pronunciar sobre o assunto quando o processo terminar.

O teste foi realizado no período em que o lutador treinava para a luta da madrugada do último domingo (1º) contra o americano Nick Diaz, em Las Vegas, vencida pelo brasileiro.

Se o doping for confirmado, o resultado da luta pode ser anulado e nenhum dos dois será declarado vencedor.

Anderson Silva passou ainda por outros dois testes antidoping, nos dias 19 e 31 de janeiro. Os resultados destes exames não foram divulgados pelo UFC.

Caso o doping de Anderson Silva seja confirmado, o lutador poderá sofrer sanções devido ao teste positivo.

Entre as punições aplicadas pelo UFC estão a suspensão e até banimento das lutas de MMA. Em casos como o de Anderson, a suspensão costuma ser de até um ano.

Leia tudo sobre: médicotannureufcmmaanderson silvadopingnick diaz