Ex-contadora de doleiro e empresários prestam depoimento nesta quarta

Juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, deve ouvir novos depoimentos nesta quarta-feira (4)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Juiz Federal determinou que as contas de 16 investigados fossem bloqueadas na semana passada
Gil Ferreira/Agência CNJ/Divulgação
Juiz Federal determinou que as contas de 16 investigados fossem bloqueadas na semana passada

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, deve ouvir nesta quarta-feira (4) novos depoimentos em terceiro dia de audiências. Serão ouvidos os empresários Augusto Mendonça, Júlio Gerin de Camargo e a ex-contadora do doleiro Alberto Youssef, Meire Pozza. Depoimentos acontecem na parte da tarde desta quarta (4).

Na terça-feira (3), foi a vez da funcionária da Petrobras Venina Velosa da Fonseca, ex-gerente de Abastecimento subordinada ao ex-diretor Paulo Roberto Costa. Em depoimento, ela afirmou ter percebido indícios de superfaturamento na obra da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, a partir de relatórios da área de Engenharia e Serviços.

Questionada pelo Ministério Público Federal, Venina citou uma ata de reunião, realizada em julho de 2007, na qual representantes de empreiteiras e da Petrobras teriam combinado formatos de licitação que beneficiavam as empresas.

As audiências  da Polícia Federal completam seu terceiro dia nesta quarta (4)  e devem prosseguir até o dia 13 deste mês.