Escola contra o desperdício

Instituição no bairro Novo Aarão Reis já é exemplo de preservação do ribeirão do Onça

iG Minas Gerais | ludmila pizarro |

Engajamento. Alunos da Escola Municipal Herbert de Souza já participam de projetos para preservar ribeirão que fica ao lado do colégio
Fotos de Fernanda Carvalho
Engajamento. Alunos da Escola Municipal Herbert de Souza já participam de projetos para preservar ribeirão que fica ao lado do colégio

Escolas das redes municipal e particular começam o ano letivo conscientizando seus alunos sobre a crise hídrica. Nas 488 escolas, unidades de educação infantil e creches parceiras da Prefeitura, os 190 mil alunos foram recebidos com o projeto BH Contra o Desperdício. Uma aula inaugural aconteceu na manhã desta terça na Escola Municipal Herbert José de Souza, no bairro Novo Aarão Reis. “Toda a rede municipal está integrada com o projeto. Seu objetivo é fazer os alunos multiplicarem o conhecimento para suas famílias”, declarou a secretária de Educação de Belo Horizonte, Sueli Baliza, que participou da aula inaugural. Também estavam presentes o vice-prefeito Délio Malheiros e a gerente municipal de educação ambiental, Cidinha Campos.

Segundo a secretária, além do projeto pedagógico, a prefeitura deve investir em infraestrutura para diminuir o consumo de água e energia elétrica nas escolas municipais. “Nosso objetivo é economizar 30% tanto de água como de eletricidade. Trocamos equipamentos e estamos estudando colocar reservatórios de água de chuva nas escolas”, afirmou Sueli. A secretaria, porém, ainda não tem o levantamento de quanto as obras economizariam em água e energia. A Escola Municipal Herbert José de Souza, que fica ao lado do ribeirão do Onça, foi escolhida para lançar a campanha em função de seus projetos que, há quatro anos, são dirigidos para a preservação do manancial. “Envolvemos todos os alunos na realidade em que eles estão inseridos e ficamos ao lado do afluente mais poluído do rio das Velhas”, explicou a diretora da Escola Herbert José de Souza, Iolane Vieira. Particular. No Colégio Franciscano Sagrada Família, no bairro Caiçara, o retorno das aulas trouxe a campanha Tome um Pingo de Consciência, Economize Água. Desde nesta segunda o colégio distribuiu cerca de 500 copos de água mineral com a frase da campanha. “É um brinde que tem o objetivo de conscientizar”, explica o diretor, Ilton de Oliveira Chaves Júnior. Desde 2014, o colégio está investindo em infraestrutura para evitar o desperdício. “Instalamos um hidrante, trocamos torneiras e descargas. Nessa primeira fase, investimos cerca de R$ 20 mil”, contou. Para Hilton, as crianças têm um apelo muito forte como multiplicadoras. “Quando um filho pede uma mudança de comportamento, é diferente”, concluiu.

Nova Lima Retorno. Alunos das escolas municipais de Nova Lima voltaram às aulas nesta terça e foram recepcionados pelo Teatro Itinerante com os temas Uso Racional da Água e Consumo Consciente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave