Cidade em GO é proibida de tocar música

Prefeitura promete pagar débito antes do Carnaval

iG Minas Gerais |

Silêncio. Município na divisa de GO com MG tem 17 mil habitantes
Divulgacao / Prefeitura de Sao S
Silêncio. Município na divisa de GO com MG tem 17 mil habitantes

Goiânia. Uma cidade de 17 mil habitantes, no interior de Goiás, foi proibida pela Justiça do Estado de tocar música por causa de uma dívida com Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). A decisão, tomada na sexta-feira passada, valerá enquanto a Prefeitura de São Simão não providenciar a autorização junto ao Ecad, sob pena de multa diária no valor de R$ 2.000. Na sentença, o juiz determinou que a cidade suspenda a “execução ou radiodifusão de qualquer obra musical, lítero-musical e fonogramas”. Na página oficial do município no Facebook, a prefeitura afirma que “a realização do Carnaval não será prejudicada, pois o prefeito Márcio Vasconcelos, determinou que se efetivasse o pagamento da dívida do órgão junto ao Ecad”. O Ecad é uma instituição privada que tem como objetivo centralizar a arrecadação dos direitos autorais. O cálculo do direito autoral é feito conforme critérios estabelecidos no Regulamento de Arrecadação e sua tabela de preços. São Simão fica na divisa com Minas Gerais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave