Nova NC 750X 2015

Modelo de uso misto substituiu a antiga NC 700 com louvor: maior torque e visual mais esportivo

iG Minas Gerais |

Dois cilindros. O motor é de dois cilindros paralelos, que ficam inclinados à frente
fotos: Honda/divulgação
Dois cilindros. O motor é de dois cilindros paralelos, que ficam inclinados à frente

A Honda do Brasil lançou a nova NC 750X, um modelo de uso cidade/campo de grande versatilidade. Nessa versão melhorada em diversos detalhes o motor chega maior e mais forte mantendo, porém, a mesma virtude da antiga NC 700, o grande torque alcançado em baixos giros e a economia de combustível. Com visual agressivo e pintura nova no motor, vários outros detalhes estéticos não foram esquecidos, evidentemente, e o modelo tem melhorias no painel, na textura do banco, no farol e na excelente bolha protetiva do vento. O baú para um capacete, no local do que seria um tanque, foi mantido como diferencial prático. O tanque de 14,4 litros fica sob o banco. Conforto, agilidade e fácil manobrabilidade são destaque do modelo, segunda a fábrica, e colabora com isso as suspensões mais altas, apropriadas para a maioria de nossas ruas. Cilindros inclinados A principal modernização ocorreu no motor, que para oferecer maior torque 745 cilindradas (antes 700 cc), ou seja, a potência máxima é 4% superior, com 54,8 cv a 6.250 rpm e o torque 8% maior com 6,94 kgfm a 4.750 rpm. A estrutura do motor é a mesma, com tecnologia atual, sendo um dois cilindros paralelos inclinado à frente, que, por isso, é ajudado pela refrigeração líquida, não esquenta as pernas do piloto, como na maioria das motos de maior potência, no uso urbano. A inclinação do motor também se reflete na centralização de peso mais em baixo, resultando numa ciclística mais apurada com maior estabilidade e facilidade de pilotagem. Em suma: a nova NC 750X herdou as vantagens da predecessora e as aprimorou. O painel LCD tem indicador de combustível, relógio e hodômetro duplo, indicador de marchas, além do computador de bordo que fornece informações sobre o consumo médio, instantâneo e combustível utilizado (litros). O guidão mais alto adota novos manetes mais confortáveis e com melhor aderência para o manuseio do piloto. A nova Honda NC 750X chega ao fim do mês nas cores branco e preto, na versão simples a R$ 28.990 e na com ABS a R$ 31.100, preços sem frete.

MOTONOTÍCIAS

Assumiu na Câmara de BH, nesta segunda, o meu amigo vereador Lúcio Bocão, um defensor dos motociclistas também. Parabéns. O DPVAT devia ser regional. Injusto socializar a incompetência do governo federal e dos governos do Nordeste, onde a maioria dos acidentes com moto se sucede. Uma terra sem lei. No Nordeste é quase normal ver motos levando a família inteira sem capacete, e até sem carteira. Igual só no Afeganistão. Regras de trânsito praticamente não existem lá. No Nordeste os acidentes são na maioria graves, e muitos deles fatais, gerando grande gasto público e de indenização, que tem a despesa dividida, injustamente, com o resto do país, nem tão imprudente assim, que paga um absurdo DPVAT de R$ 292. Pelas notícias plantadas pelo governo, quem lê acredita que todos os motociclistas sãos os vilões e os maiores causadores de acidentes. Porém, o causador é o governo, que não governa e não faz imperar a lei e a ordem na maioria das cidades nordestinas. O valor do Seguro Obrigatório DPVAT, na verdade um imposto arbitrário e injusto, é muito alto. A metade desse valor daria para pagar um seguro particular com indenização (prêmio) muito maior do que apenas os R$ 13.500 atuais. O governo se financia com esse imposto, que os motociclistas brasileiros pagam sem reclamar. E tem gente achando que o governo foi bonzinho em não aumentar o valor nos últimos dois anos. Na realidade poderia é abaixar o valor Boné e capacete. Um amigo experiente do Samu alertou-me: quem faz uso do boné com capacete tem muito mais chance de ter lesão na terceira vértebra em caso de acidente. O que acontece é que o capacete, num impacto, pressiona a pala do boné na espinha dorsal do piloto além de dificultar a retirada do casco protetor. Não se arrisque. O freio dianteiro ainda é o principal no momento de parar a moto. O freio traseiro é secundário: pisa-se com calma e aperta forte o manete do dianteiro. A única hora em que se usa o freio traseiro sozinho é numa curva. A CG 150 Titan nova e a maioria dos scooters têm o sistema de freio combinado (CBS), onde se pisa ou aciona o freio traseiro e o sistema atua também no dianteiro, consertando o erro do piloto. O corredor da morte. Treine seu cérebro e nunca passe entre dois veículos grandes. Assim, quando estiver distraído, não será traído pelo piloto automático a fazer o que sempre faz no dia a dia normal e prático. Pilote rápido, mas com responsabilidade, atenção e segurança. Se o trânsito estiver parado mais cuidado ainda, ande devagar. Uma pessoa pode atravessar de repente. Seja esperto e fique vivo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave