Estado Islâmico afirma ter queimado vivo o piloto jordaniano

Maaz al-Kassasbeh realizava ataques aéreos contra posições do EI como parte da coalizão internacional anti-jihadista

iG Minas Gerais | AFP |

Jihadistas divulgaram foto de refém japonês Kenji Goto segurando a foto do piloto jordaniano capturado pelo EI, Maaz al-Kassasbeh
Jihadistas divulgaram foto de refém japonês Kenji Goto segurando a foto do piloto jordaniano capturado pelo EI, Maaz al-Kassasbeh

O grupo Estado Islâmico (EI) publicou nesta terça-feira um vídeo de um homem sendo queimado vivo em uma cela, e afirmou tratar-se do piloto jordaniano capturado após a queda de seu caça F-16 na Síria, em 24 de dezembro.

Maaz al-Kassasbeh realizava ataques aéreos contra posições do EI como parte da coalizão internacional anti-jihadista quando foi capturado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave