BHTrans faz campanha para que pais atuem na segurança no trânsito

Empresa vai distribuir mais de 20 mil panfletos com orientações para que as regras de trânsito sejam seguidas e para que ações de prevenção virem rotina

iG Minas Gerais | Da Redação |

Cidades - Belo Horizonte - Minas Gerais
Primeiro dia de volta as aulas . Na foto: Colegio Santo Antonio Savassi
 
Foto: Uarlen Valerio / O Tempo -   02.02.2015
UARLEN VALERIO / O TEMPO
Cidades - Belo Horizonte - Minas Gerais Primeiro dia de volta as aulas . Na foto: Colegio Santo Antonio Savassi Foto: Uarlen Valerio / O Tempo - 02.02.2015

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) inicia a operação “Na Volta às Aulas, Dê uma Lição de Cidadania”, a partir desta segunda-feira (2). A ação tem o objetivo de conscientizar os motoristas e pedestres sobre a importância de adotar atitudes seguras no trânsito para a preservação da vida, do meio ambiente e a construção de uma cidade mais humana. As operações de trânsito acontecem em 40 escolas em vários bairros da cidade até a segunda sexta-feira deste mês, dia 13. Mais de 20 mil panfletos serão entregues para orientar pedestres e motoristas.

OPERAÇÃO VOLTA ÀS AULAS - Agentes da Unidade Integrada de Trânsito (BHTrans, Polícia Militar, Guarda Municipal) irão operar o tráfego na porta das escolas e orientar sobre a maneira adequada de se comportar no trânsito ao levar seus filhos para a escola. Veja abaixo algumas dicas importantes:

Dicas para os motoristas e pedestres:

-          Atravesse sempre na faixa de pedestre, pois é mais seguro;

-          Nunca deixe as crianças desembarcarem no meio da rua;

-          Lugar de pedestre é no passeio. Evite acidentes;

-          Não pare no caminho das outras pessoas para não atrapalhar a passagem;

-          No carro, use sempre o cinto. O cinto de segurança reduz em até 50% o risco de lesões graves ou fatais e deve ser usado tanto nos bancos da frente, quanto nos bancos de trás, mesmo em trajetos curtos;

-          Use o cinto de segurança corretamente: por cima do ombro, nunca no pescoço ou debaixo do braço;

-          As gestantes devem usar sempre o cinto, abaixo da barriga. Ele protege a mãe e o bebê;

-          Crianças menores de 10 anos devem, sempre, viajar no banco de trás do veículo. De 0 a 1 ano no bebê conforto; de 1 a 4 anos na cadeirinha; de 4 a 7 anos no assento de elevação; e acima de 7 anos e meio com cinto de segurança.

-          Nunca pare ou estacione em fila dupla e nas faixas de pedestre;

-          Não estacione em esquinas, passeios, portas de garagens, vagas reservadas para pessoas com deficiência e para idosos, pontos de ônibus ou de táxis ou em outros locais proibidos;

-          Não fale ao celular enquanto estiver dirigindo;

-          Diminua a velocidade ao se aproximar das áreas escolares;

Desde 2013, nas operações de Volta às Aulas, a BHTrans trabalha em conjunto com o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (SINEP-MG), conscientizando a comunidade escolar em prol da educação no trânsito e da mobilidade urbana. A parceria promove ainda a participação dos estudantes da rede particular em programas de educação de trânsito desenvolvidos pela BHTrans e já bastante difundidos entre instituições públicas de ensino. 

Há 20 anos, a BHTrans gerencia o Transporte Escolar na capital e, duas vezes por ano, faz uma vistoria detalhada nos veículos para que possam oferecer esse serviço com segurança à população. Mas não basta simplesmente contratar o serviço. É preciso observar alguns fatores importantes para garantir a segurança das crianças e não cair nas mãos do transporte clandestino:

- Procure o selo da BHTrans no para-brisa do veículo;

- Motoristas do Transporte Escolar devem portar o Registro de Condutor (crachá de identificação) da BHTrans e a Autorização de Tráfego;

- Confirme se o serviço oferece um acompanhante (ou monitor). A presença desse profissional é obrigatória para veículos com capacidade superior a 20 lugares;

- Se o serviço possuir um acompanhante, ele também deve estar cadastrado na BHTrans e possuir o Registro de Acompanhante.

- É obrigatório que o prestador de serviço de Transporte Escolar firme um contrato com os pais ou responsáveis pela criança.

- Exija que os veículos tenham cadeirinha para transporte de crianças com até quatro anos de idade.

Verificando alguma irregularidade, denuncie pelo telefone 156. Com o trabalho conjunto, a BHTrans e a população vão manter a qualidade do Transporte Escolar. Afinal, com esses cuidados, ele é a melhor opção para quem procura conforto, segurança e bem-estar.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave