Após vitória, Levir avalia os pontos a serem aprimorados na equipe

Treinador do Atlético pediu mais regularidade e controle emocional de seus atletas contra os adversários e arbitragem

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

O técnico Levir Culpi classificou como razoável a atuação do Atlético na estreia do Mineiro, contra o Tupi, neste domingo, no Independência. Apesar da vitória por 2 a 0 e de ter elogiado a garra dos atletas, ele acredita que o Galo oscilou bastante e espera que sua equipe obtenha o ritmo de jogo necessário o mais rápido possível.

“Foi mais ou menos dentro do que esperávamos. Alguns ótimos momentos e, de repente, uma queda brusca. Para chegar às finais, precisa ser muito mais regular do que foi hoje (domingo)”, avaliou o treinador.

Mas além da evolução do time em termos táticos, técnicos e físicos, será preciso também trabalhar o psicológico, já que muitos jogadores discutiram bastante com os atletas oponentes e com a arbitragem. E o comandante do Atlético confessa que até mesmo ele precisará participar deste 'treinamento'.

“A responsabilidade (de trabalhar o psicológico dos jogadores) é minha. Sou eu quem tenho que controlá-los neste sentido. Mas eu também falei com o árbitro. Então, não posso cobrar esta questão dos atletas. E mais para frente, os jogos vão ficar mais rápidos e agressivos, e precisamos ter controle. Vamos treinando isso. Reclamamos quando não precisávamos e quando precisávamos”, disse Levir.

Questionado sobre quem teria sido o melhor jogador da partida, o técnico atleticano preferiu não entrar neste mérito e preferiu enfatizar o empenho da equipe como um todo.

“Não costumo eleger um melhor jogador da partida. Na primeira reunião hoje (domingo), enfatizei que ninguém é importante se não tiver um grupo. Claro que sou torcedor também e gostei de alguns jogadores. Mas prefiro falar do conjunto, que foi bem em alguns momentos e mal em outros”, destacou.

Leia tudo sobre: atleticogalomineirolevirprattoregularidadecontrole emocionalerros