Homem dá carona para mulher e os dois são mortos em Ribeirão das Neves

Joilda tinha ido à casa de Cardoso e da mulher dele para visitar o casal; até o momento, ninguém foi preso; capacetes foram retirados das vítimas no momento do crime

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um casal  de conhecidos foi assassinado a tiros, durante a madrugada deste domingo (1º), em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. O homem levava a mulher para casa, após receber uma visita dela.

Segundo a mulher de Vanderli Ribeiro Cardoso, 32, ele saiu de casa de moto para dar uma carona para Joilda Ribeiro, 46, que tinha acabado de fazer uma visita para o casal.

No caminho, na rua Trinta e Seis, no bairro Alterosa, eles foram baleados e mortos. Curiosamente, o capacete de Cardoso não foi localizado, e o usado por Joilda não tinha perfurações e nem marcas de sangue.

Testemunhas informaram ter ouvido tiros e visto uma Kombi na região. A mulher da vítima ainda contou que nas proximidades há comércio de drogas e que as vítimas não estavam sendo ameaçadas.

Joilda foi atingida por um tiro na mão direita e vários na cabeça, não sendo possível contar, devido a grande quantidade, de acordo com a Polícia Militar. Cardoso chegou a ser socorrido para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, mas não resistiu aos três tiros, sendo um na perna esquerda, um na cabeça e um nas costas, e morreu.

Ninguém foi preso.

Leia tudo sobre: duplo homicídiohomemmulhervisitacaronamotocapacete