Invencibilidade contra o arquirrival motiva atleticanos

Na temporada passada, Atlético não perdeu um clássico para o Cruzeiro

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Final mineira da Copa do Brasil 2014 configura o maior clássico da história de Cruzeiro e Atlético
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Final mineira da Copa do Brasil 2014 configura o maior clássico da história de Cruzeiro e Atlético

Em 2014, o Atlético não soube o que é perder um clássico para o maior rival, o Cruzeiro. Em sete jogos, foram quatro vitórias e três empates. A invencibilidade rendeu o título da Copa do Brasil, já no fim da temporada. Até mesmo no Campeonato Mineiro, que terminou com a Raposa campeã, foram três empates por 0 a 0 - o time celeste ficou com o título por ter feito a melhor campanha na primeira fase. E como o Estadual deste ano pode reservar mais três encontros, o Galo pode aumentar a freguesia em 2015. O primeiro encontro será no dia 8 de março, no Mineirão, pela sexta rodada. E quem já está de olho nos confrontos com o Cruzeiro é o volante Leandro Donizete. Para ele, o Galo está pronto para manter o tabu diante do arquirrival. “Vai ser mais forte, estamos mais preparados. Tudo para ter um excelente ano. Se Deus quiser, vai ser mais um ano sem perder clássicos, que é um campeonato à parte”, disse Donizete. Ele também prevê uma pressão maior da torcida cruzeirense já no primeiro jogo, que será disputado no Gigante da Pampulha. “Ficar um ano sem ganhar o clássico é difícil, com certeza vai ter cobrança em cima deles (jogadores do Cruzeiro). Mas nós estamos preparados para manter esse tabu aí por mais uma temporada”, concluiu.

Leia tudo sobre: atleticogalomineiroestadualclassicocruzeirofutebol