Após quatro horas de reunião, negociações de paz na Ucrânia fracassam

líderes das repúblicas separatistas que tinham assinado os acordos anteriores não foram a Minsk, enquanto seus emissários "se recusaram a discutir medidas para um cessar-fogo imediato"

iG Minas Gerais | AFP |

As negociações de paz sobre a Ucrânia sobre o conflito no leste separatista pró-russo fracassaram e chegaram ao fim sem nenhum acordo, declarou em Minsk, capital bielo-russa, o ex-presidente ucraniano, Leonid Kuchma, que acusou os rebeldes de sabotar as discussões.

"As consultas de Minsk são um fracasso", declarou Kuchma à agência Interfax-Ucrânia, explicando que os líderes das repúblicas separatistas que tinham assinado os acordos anteriores não foram a Minsk, enquanto seus emissários "se recusaram a discutir medidas para um cessa-fogo imediato e a retirada das armas pesadas".  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave