Fabiana é homenageada por companheiras após caso de racismo

As jogadoras do Sesi, com exceção de Fabiana, entraram em quadra com braçadeiras pretas

iG Minas Gerais | Folhapress |

Fabiana Claudino – central do Sesi/SP, a mineira tem um sorriso que encanta
DIVULGAÇÃO - CBV
Fabiana Claudino – central do Sesi/SP, a mineira tem um sorriso que encanta

Após ser alvo de insultos racistas em uma partida contra o Minas Tênis Clube pela Superliga Feminina, a central Fabiana foi homenageada pelas companheiras do Sesi na partida de sexta-feira (30) contra o Araraquara. A atleta também foi eleita a melhor em quadra.

As jogadoras do Sesi, com exceção de Fabiana, entraram em quadra com braçadeiras pretas. A torcida também prestou homenagem, gritando o nome da capitã da seleção brasileira.

O Sesi venceu o Araraquara por por 3 sets a 0 (25/18, 25/17 e 25/19) e Fabiana foi eleita a melhor em quadra, marcando 13 pontos para o time da casa. O Sesi está agora na vice-liderança da Superliga, com 44 pontos, atrás da Unilever, com 46. O Araraquara está em penúltimo, com oito pontos.

Leia tudo sobre: racismovôleifabiana