Zoológico de Belo Horizonte vai receber melhorias

Reformas serão realizadas nas praças dos Mamíferos e das Aves e também no borboletário

iG Minas Gerais | DA REDAÇÂO |

A Tadorna-ferrugínea é uma ave exótica encontrada encontrada na Ásia
SUZIANE FONSECA/ FZB- BH
A Tadorna-ferrugínea é uma ave exótica encontrada encontrada na Ásia

Três importantes espaços do Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte serão reformados. O borboletário da instituição será modernizado e as praças de Mamíferos Brasileiros e da Aves serão revitalizadas. A assinatura do início das obras foi feita nesta sexta-feira, mas a data de início das obras não foi divulgada.

A reforma vai receber um investimento de R$ 1,17 milhão e fazem parte de uma série de ações a serem desenvolvidas no local.

Um dos maiores espaços do Zoológico, a Praça dos Mamíferos é formada por 18 recintos, distribuídos em uma área de quase 9 mil metros quadrados. Entre as melhorias está a construção de uma área de 2,6 mi metros quadrados, que vai receber diferentes animais do Cerrado, como tamanduás, caititus, veados, antas, cutias, pacas e capivaras.

Na Praça das Aves,  dos 52 recintos, que abrigam cerca de 70 espécies nacionais e exóticas, 42 serão reformados. Os lagos existentes serão substituídos por novos, os ninhos de madeira serão retirados, o sistema de ventilação será melhorado e as redes de água e esgoto passarão por readequações.

O borboletário, que foi inaugurado em 1996 e o primeiro aberto ao público no Brasil, já passou por uma primeira etapa de obras, iniciadas no primeiro semestre de 2014. As novas reformas contemplam a ampliação do viveiro de exposição, que vai passar dos atuais 100 metros quadrados para 250. O paisagismo e o circuito de visitação também serão reformulados. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave