Massa crítica reúne cerca de 400 ciclistas na praça da Estação

Além do passeio, os integrantes promoveram debates e, empolgados, reforçaram o desejo de discutir sobre o espaço da bicicleta em Belo Horizonte e a possibilidade de ser ter mais ciclovias na cidade

iG Minas Gerais | João Paulo Costa e Giselle Ferreira |

Movimento que prega o respeito a quem usa veículos não motorizados e o compartilhamento da paz nas vias, o Coletivo Massa Crítica de Belo Horizonte – organização horizontal e colaborativa que sai pela cidade sempre na última sexta-feira do mês –, reuniu, nesta sexta-feira (30) a praça da Estação cerca de 400 ciclista.

Além do passeio, os integrantes promoveram debates e, empolgados, reforçaram o desejo de discutir sobre o espaço da bicicleta em Belo Horizonte  e a possibilidade de ser ter mais ciclovias na cidade. Além disso os participantes da marcha coloram cartazes nas bicicletas questionando o aumento da tarifa de ônibus na capital.

O fotógrafo Mauro Figa, 30, disse ser muito importante a iniciativa “É um ato política para conscientizar ciclistas, pedestre e pode público”, disse. Já a editora Maía Naffif, 29, pegou uma bicicleta que estava parada em sua casa há dez anos e partipou do ato. “É minha primeira marcha. Perdi o medo de andar de bike em BH graças a esses grupos preocupados com uma melhor mobilidade por aqui. Eles nos dão suporte e nos estimulam, conta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave