França vence Espanha e decide Mundial contra o Catar

Os franceses tiveram o domínio da partida e são os únicos invictos no torneio

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A França tentará conquistar o seu quinto título do Mundial
Divulgação/ IFH
A França tentará conquistar o seu quinto título do Mundial

Os franceses, atuais bicampeões olímpicos, vão em busca de seu quinto título mundial neste domingo (1º).

Ao vencer a Espanha, por 26 a 22, nesta sexta-feira (30), no Catar, a França classificou-se para a decisão contra os donos da casa e terão a chance de se isolar como maiores campeões do mundo (2011, 2009, 2001 e 1995). A França será sede do Mundial masculino em 2017.

Hoje, Suécia e Romênia têm quatro títulos mundiais, como os franceses, que também ganharam três dos últimos cinco Campeonatos Europeus.

A França, agora a única invicta do campeonato, dominou toda a partida contra os espanhóis, que reclamaram muito da arbitragem. Assim como os poloneses na primeira semifinal, os espanhóis deixaram a quadra aplaudindo ironicamente os árbitros do jogo.

O grande destaque da vitória na Arena Lusail foi o goleiro Thierry Omeyer, de 38 anos, presente em todas as recentes conquistas francesas.

Quem vencer a decisão entre França e Qatar, no domingo, às 14h15 (de Brasília) será o primeiro classificado em quadra para a Olimpíada do Rio, em 2016. A seleção brasileira já tem lugar garantido por ser país sede. As outras dez vagas serão disputadas em pré-olímpicos continentais e mundiais.

BRASIL

Com quatro derrotas e duas vitórias, o Brasil acabou o Mundial na 16ª colocação, piorando o resultado de 2013, na Espanha, quando ficou em 13º. A meta, não alcançada, era superar a posição do campeonato anterior.

Jogadores e comissão técnica brasileira, porém, exaltaram o melhor desempenho em quadra da seleção, que equilibrou jogos contra a Espanha e a Eslovênia, potências da modalidade, e acabou eliminada nas oitavas após perder para a Croácia por um gol de diferença.

A melhor seleção sul-americana do Mundial foi a Argentina, na 12ª posição. Os argentinos são os atuais campeões dos Jogos Pan-Americanos, título que os brasileiros tentarão recuperar em julho, em Toronto, no Canadá.

Leia tudo sobre: françaespanhamundial de handebolcatarfinal