Com perfil desejado pelo técnico, zagueiro Henrique entra na mira azul

Convocado por Felipão para disputar a Copa do Mundo, defensor já esteve em listas de contratações antigas da Raposa

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Entre os concorrentes pela vaga, Henrique jogou mais do que Miranda e Marquinhos, já que ambos não ficarem nem 20 minutos sequer em campo
NAPOLI/DIVULGAÇÃO/SITE OFICIAL
Entre os concorrentes pela vaga, Henrique jogou mais do que Miranda e Marquinhos, já que ambos não ficarem nem 20 minutos sequer em campo

A diretoria do Cruzeiro admite publicamente que está atrás de um zagueiro, um volante, um meia e um atacante para deixar o grupo de jogadores “no ponto de bala” pedido pelo técnico Marcelo Oliveira. Dessas peças, uma não é mais mistério e a outra está na alça de mira da Raposa.

O volante Willians, hoje no Internacional, já negocia com a diretoria celeste e pequenos detalhes separam o meio-campista da Toca II. Outro atleta que aparece como opção para as vagas solicitadas pelo técnico Marcelo Oliveira é o zagueiro Henrique. Atualmente no Napoli (ITA), o ex-atleta do Palmeiras tem o perfil desejado pelo Cruzeiro para a disputa, principalmente, da Copa Libertadores: rodagem internacional.

No grupo que disputou a Copa do Mundo de 2014 pela seleção brasileira, Henrique, além do futebol italiano, passou pela Espanha (Barcelona e Racing Santander) e Alemanha (Bayern Leverkusen). No ano passado, o Palmeiras vendeu Henrique ao Napoli (ITA) por R$ 13 milhões (cerca de 4 milhões de euros). Ainda não se tem detalhes de como o Cruzeiro traria o jogador, mas a diretoria estrelada estuda, segundo apurou o Super FC, adquirir parte dos direitos do atleta.

A vinda de Henrique à Toca II serviria para suprir ausências defensivas do técnico Marcelo Oliveira. O zagueiro Dedé, contratação mais cara da história do Cruzeiro, está indisponível por pelo menos oito meses. O jogador passou por uma cirurgia no joelho direito para corrigir uma lesão que o incomodava desde o ano passado. O jovem Alex, reserva, é outro que pode passar por operação, também no joelho direito.

Mais experiente, Manoel tem uma lesão muscular na coxa esquerda e é outro indisponível. No momento, apenas Léo, Bruno Rodrigo e Fabrício, recém-promovido da base, estão à disposição do treinador. Fabiano, contratado junto a Chapecoense e que é lateral-direito de origem, mas faz papel de zagueiro, ainda não teve sua documentação regularizada. Portanto, não pode entrar em campo nas partidas oficiais.  

Leia tudo sobre: Cruzeiroraposahenriquenapoli