Dólar tem maior alta diária desde 2011

Desde 2013, o governo tem adotado medidas para que o dólar não subisse, realizando leilões diariamente de swap cambial

iG Minas Gerais | da redação |

Otimismo com medidas fiscais sustenta alta da Bolsa
ADEM KAYA/ARQUIVO STOCKXPERT
Otimismo com medidas fiscais sustenta alta da Bolsa

Nesta sexta-feira, o dólar comercial sofreu sua maior alta diária desde 2011, com uma alta de 2,96% tendo alcançado o valor de R$ 2,689 na venda. O última vez que a moeda americana teve uma alta tão grande foi em setembro de 2011, quando subiu 3,75%.

O valor acumulado ao longo da semana foi de 3,88%. Até a última sessão o dólar estava com queda de 1,75% no mês, mas com o ganho de 1,15%, a perda foi anulada.

Desde 2013, o governo tem adotado medidas para que o dólar não subisse. Realizando leilões diariamente de swap cambial, medida que faz com que os investidores tenham um papel que assegure a eles uma compra futura por um valor predeterminado, o BC manteve o valor baixo, pois a moeda não teve procura.

Segundo estimativa realizada pelos economistas do Bank of America Merril Lynch o valor do dólar deveria estar em R$ 3,10.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave