Ministro diz que vai trabalhar duro para garantir energia

Perguntado sobre o risco de racionamento por causa do volume de chuvas abaixo da média esperada, o ministro anunciou que nova avaliação do cenário energético será feita no dia 12 de fevereiro

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Ministro admite racionar energia se nível de reservatórios cair a 10%
Luiz Alves/Agëncia Senado 17.11.2012
Ministro admite racionar energia se nível de reservatórios cair a 10%

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse hoje (30) que é preciso “trabalhar duro e firme” para garantir o fornecimento de energia aos consumidores e que o cenário atual do país é “desafiador”. Braga participou, no Rio, de reunião com o conselho do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

“Energia nós temos. O problema é quando temos picos de demanda. Agora temos, de qualquer forma, uma crise hidrológica nos estados de São Paulo, do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, que também afeta o setor elétrico. Nós estamos monitorando, acompanhando”, afirmou o ministro.

Braga deixou a reunião de conselho do ONS por volta de 12h30 e seguiu para outro compromisso, mas disse que voltaria, ainda hoje, ao ONS. “A avaliação que temos no momento é que estamos, com a contribuição de todos e com uma série de medidas, conseguindo atender plenamente o mercado brasileiro.”

Perguntado sobre o risco de racionamento por causa do volume de chuvas abaixo da média esperada, o ministro anunciou que nova avaliação do cenário energético será feita no dia 12 de fevereiro, em uma reunião em Brasília.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave