Jovem vende extintores com validade adulterada e é preso em Uberlândia

Produto venceu em 2014, mas continua selo falsificado com validade de 2020; equipamento era vendido em hipermercado da cidade

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um jovem de 24 anos foi preso ao ser flagrado vendendo extintores adulterados, em Uberlândia, na região do Triângulo Mineiro, nessa quinta-feira (29). Após denúncia, a Polícia Militar (PM) apreendeu cerca de cem equipamentos com a data de validade modificada.

W.R.O. usava uma camisa de brigadista e estava em um Golf preto, com placas do Paraná, em um posto de combustíveis de um hipermercado, na avenida Rondon Pacheco, no bairro Tabajaras, vendendo extintores com selo falsificado.

No veículo foram encontrados um total de 98 extintores, sendo 31 menores de 900 gramas usados, 19 longos de 900 gramas, 26 menores novos no plástico de 900 gramas e 22 longos novos também no plástico de 900 gramas. Em todos eles, o prazo de validade estava marcando 2020.

Contudo, em uma marca grafada na base do equipamento, estava descrito que a fabricação é de 2009, e como um extintor tem validade de cinco anos, os extintores apreendidos venceram em 2014. Sendo assim, ficou constatada a falsificação dos selos. Também foram apreendidos 57 selos de validade adulterados.

O suspeito alegou que tinha autorização do gerente do comércio para estar no local vendendo os extintores. Contudo, os funcionários do comércio negaram essa informação.

A Recita Estadual foi informada do crime, devido a falta de nota fiscal para o produto. O carro também foi apreendido por ter sido utilizado em delito e o suspeito foi encaminhado para Delegacia de Plantão de Uberlândia.  

Leia tudo sobre: extintoresfalsificaçãoselohipermercadojovem