Djokovic derrota Wawrinka e está na final do Aberto da Austrália

Sérvio número 1 do mundo enfrentará Andy Murray na grande decisão

iG Minas Gerais | AFP |

Djoko estreou bom o pé direito em Paris
Divulgação / ATP
Djoko estreou bom o pé direito em Paris

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, será o adversário do britânico Andy Murray na final do Aberto da Austrália.

Nesta sexta-feira pela semifinal, o sérvio derrotou o suíço Stanilas Wawrinka, campeão na Austrália em 2014, em cinco sets, com parciais de 7-6 (7/1), 3-6, 6-4, 4-6 e 6-0.

Djokovic disputará no domingo sua 15ª final de Grand Slam. Ele já conquistou sete títulos nos grandes torneios, o último deles em Wimbledon-2014.

O sérvio busca o quinto título na Austrália, onde foi campeão em 2008, 2011, 2012 e 2013.

O tenista de Belgrado teve um grande teste na semifinal contra o Wawrinka, mas sua resistência no jogo de fundo de quadra e o bom aproveitamento do primeiro saque o conduziram à vitória.

O resultado também representa uma revanche para 'Djoko', que no ano passado foi eliminado nas quartas de final por Wawrinka, com direito ao placar de 9-7 no quinto set em uma partida histórica.

A final de domingo será a repetição de um dos grande clássicos do tênis no século XXI. Murray e Djokovic já se enfrentaram 23 vezes, com 15 vitórias do sérvio e oito do escocês.

'Djoko' derrotou Murray nas finais do Aberto da Austrália de 2011 e 2013, enquanto Murray conquistou seus dois títulos de Grand Slam, US Open 2012 e Wimbledon 2013, em decisões contra o sérvio.

Leia tudo sobre: dokovicwawrinkafinalaberto da austrália