A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Professor Levir vai adotar o rodízio de jogadores nesta temporada para disputar, simultaneamente, o Mineiro e a Libertadores. Eu não estou nem um pouco preocupado com isso! Com o elenco que o Galo tem, mesmo que o técnico tenha que entrar com um time inteiro de reservas no Estadual, eu acredito que o nosso time dá conta do recado. No ano passado, quando em várias ocasiões Levir precisou escalar time reserva no Brasileirão, o pessoal fez bonito. Praticamente, todos os reservas do atual elenco do Galo já foram titulares no time. Aliás, muitos deles seriam titulares absolutos em qualquer outro time do Brasil. A prioridade, obviamente, é a Libertadores, mas nem por isso o Estadual vai ficar em segundo plano. Como disse o fera Leãodro Donizete, “vamos entrar para ganhar os dois, porque temos potencial para isso”. Bica eles, Galo!

A voz Celeste

Saudações celestes, nação azul. Domingo começa o Campeonato Mineiro, e o Cruzeiro está focado na competição. Marcelo Oliveira já tem a equipe que iniciará a temporada e aguarda os reforços que virão. Acho que Dagoberto deveria ser reintegrado à equipe. Por mais que algumas lesões tenham tirado o atacante de alguns jogos na última temporada, acho que a qualidade dele é incontestável. Vou trazer à memória de todos apenas um momento mágico dele por aqui: Cruzeiro x Palmeiras, segundo turno de 2014, eu na arquibancada, e eles ganhavam por 1 a 0; a nossa diferença ia reduzindo para o segundo colocado. Dagol entra e, aos 48 do segundo tempo, empata a partida. Não sei nem explicar o que senti quando a rede balançou. Sou fã, não nego. Talvez não seja como titular, mas eu queria vê-lo brilhando com a camisa estrelada por mais uma temporada!

Avacoelhada

Patrick e Felipe Amorim poderão formar um lado direito bastante competitivo e agressivo. Ultrapassagens em alta velocidade, triangulações e cruzamentos precisos são jogadas fundamentais na descompactação da defesa adversária. Nos coletivos e nos jogos-treino, Patrick apoiou o ataque com muita intensidade, tabelou e acertou lançamentos. Felipe Amorim também fez assistências e marcou gol. Ainda a opção de Robertinho e a possibilidade de aproveitar o entrosamento entre Marcelinho e Bruno Sávio. Em compensação, o lado esquerdo considerado titular está menos produtivo. Bryan e Henrique precisam aumentar a participação e a produtividade ofensiva. Bryan poucas vezes buscou a linha de fundo, e Henrique foi pouco eficaz nas assistências e finalizações. Xavier deveria ser opção de meia-esquerda ofensivo, em vez de ser improvisado na lateral esquerda. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave