Preso homem por perseguir artista brasileiro Romero Britto em Miami

Homem de 33 anos, que em 2007 foi detido por entrar na galeria do artista pop por entrar na galeria exigindo dinheiro e fazendo ameaças, foi recolhido pela polícia nessa quarta-feira (28)

iG Minas Gerais | AFP |

Preso homem por perseguir o artista brasileiro Romero Britto em Miami
Divulgação
Preso homem por perseguir o artista brasileiro Romero Britto em Miami

Um homem que no passado esteve preso por ameaçar o brasileiro Romero Britto em Miami recebeu, nesta quinta-feira(29), ordens de uma juíza para manter-se afastado do artista pop, logo depois de ter sido novamente preso por perseguição.

"Você não deve ter contato com ele", disse a juíza Mindy Glazer a Kerry Pierre, o homem de 33 anos que em 2007 ficou preso por três anos  por entrar na galeria de Britto em Miami Britto, exigindo dinheiro e fazendo ameaças.

"Você deve se manter distante da casa da vítima e de seu lugar de trabalho, isto que dizer que você não pode ir à galeria de Britto", insistiu Glazer, enquanto Pierre se mostrava agitado, exibiram as imagens da corte transmitida pelo canal NBC Miami.

A polícia prendeu Pierre na quarta-feira (28) quando foi novamente à galeria do artista pop.

Nascido há 51 anos na cidade de Recife e radicado em Miami, Flórida (sudeste), Britto é conhecido por seus coloridos quadros e esculturas de temas alegres.

Pierre pode voltar a receber condenação se não respeitar a ordem de afastamento que lhe impede de se aproximar de Britto, ou de sua galeria, localizada na movimentada e turística rua Lincoln em Miami Beach.

As obras de Britto são expostas em museus ao redor do mundo. O artista colaborou com a FIFA nos mundiais de 2010 e 2014 e está encarregado de campanhas publicitárias de grandes empresas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave