Vigilância sanitária interdita dois necrotérios em Montes Claros

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar sobre a violação de cadáver na cidade

iG Minas Gerais | natália Oliveira |

A vigilância sanitária de Montes Claros, no Norte de Minas, interditou dois necrotérios de uma funerária da cidade nesta quarta-feira (28). De acordo com a vigilância da cidade, o necrotério não fazia o processo de tanatopraxia, ou seja, a preparação do cadáver para o funeral de forma adequada. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar sobre violação de cadáver na cidade. Ainda não se sabe se há relação entre os dois casos. 

“Para fazer esses procedimentos é preciso um técnico com curso e um médico para assinar alguns procedimentos e a funerária não tinha isso”, afirmou a autoridade sanitária Leomagno Cordeiro Ramos.

Ainda segundo ele, o último alvará da empresa é de 2011 e a empresa já tinha sido notificada três vezes. “A gente trabalha sempre com a possibilidade de que o lugar se regularize e por isso aplicamos as notificações e esperamos até este ano para a interdição”, explicou Ramos.

Além dos necrotérios, dois carros da funerária também foram interditados. O velório da empresa também será avaliado pela vigilância. A reportagem de O TEMPO ainda não conseguiu contato com a funerária.

O delegado responsável pelo caso informou que não vai comentar sobre o assunto. 

Aguarde mais informações

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave