Modelo de 2015 é reflexo de nova filosofia, diz McLaren

O MP4-30 foi apresentado nesta quinta-feira e foi projetado em parceria com a Honda, fornecedora de motores

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

DIVULGAÇÃO/RENAULT LOTUS
undefined

A necessidade de voltar a vencer e a reestruturação pela qual a McLaren passou nos últimos meses fizeram com que o time inglês mudasse sua filosofia para a temporada de 2015 da F-1, o que refletiu no carro, que foi apresentado nesta quinta-feira (29), em sua sede, em Woking.

"Estamos tentando fazer com que possamos dar aos nossos pilotos a habilidade de explorar o limite deste carro", afirmou Eric Boullier, diretor da McLaren.

"Este conceito de ser 'amigável' aos pilotos é novo e parte da nova filosofia que estamos implantando na equipe. Se você tem um carro com uma boa performance, mas o qual os pilotos não consegue tirar o máximo dele, obviamente é um desperdício", declarou o dirigente durante o lançamento do MP4-30, primeiro carro do time em 23 anos a ser equipado com motores Honda.

"Queremos que, a partir de agora, nossos pilotos sejam capazes de guiar o carro no limite, o que significa que devemos explorá-lo até o limite. E esta é a filosofia que estamos adotando."

No ano passado a McLaren completou o Mundial de Construtores na quinta colocação. Foram apenas dois pódios durante todo o campeonato, os dois no GP da Austrália, prova que abriu a temporada do ano passado.

A última vitória da equipe inglesa aconteceu no GP Brasil de 2012, com Jenson Button. "O carro deste ano é bem diferente dos dois modelos anteriores. Os mecânicos dizem que tudo se encaixa direito e não se trata de um departamento colocando uma peça aqui e outro ali no carro, tentando fazer com que as coisas funcionem", afirmou Button.

Para este ano, além do piloto inglês, a McLaren recontratou Fernando Alonso, que correu pelo time em 2007.

A pré-temporada da F-1 começa neste domingo (1º), em Jerez de la Frontera, na Espanha. A sessão de ensaios vai até quarta-feira (5).

Leia tudo sobre: formula 1mclareneric boulliernovo carrotemporada 2015