Preso tem benefício da Justiça, estupra jovem e continua no semiaberto

Homem conseguiu ficar sete dias longe da prisão e, nesse tempo, abusou de uma adolescente de 16 anos; delegada tenta prisão preventiva do jovem

iG Minas Gerais | THALITA MARINHO |

Um preso de 25 anos cumpre sua pena em regime semiaberto mesmo depois de ter estuprado uma adolescente de 16 anos em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, durante um benefício da Justiça para ficar sete dias sem ir à prisão. Nesta quinta-feira (29), a delegada Ariadne Elloise do Carmo informou à imprensa que tenta conseguir a prisão preventiva do detento.

A história começou no dia 29 de dezembro de 2014, quando ele conseguiu o benefício. Ele teria dito que ficaria na casa do pai. Porém, o homem não aceitou o filho no imóvel e o jovem ficou perambulando pelas ruas.

Já no dia 31, ele abordou a menor na porta de um shopping, no momento em que ela chegava para trabalhar. Ela foi arrastada por uma matagal, onde o estupro foi consumado. No momento em que a vítima era arrastada, uma mulher viu e acionou o segurança do centro de compras.

Próximo ao local em que a menina foi vista pela última vez, o funcionário encontrou uma mochila e, dentro dela, uma carteirinha do Sistema de Informações Penitenciárias (Infopen), que consta os dados de presidiários. A menor foi encontrada, mas o suspeito conseguiu fugir. A carteirinha foi entregue à polícia.

No dia 3 de janeiro, o homem foi detido com uma porção de maconha, mas foi liberado sem que o sistema acusasse o crime que ele havia cometido. Já no dia 4, ele se apresentou normalmente no presídio de Ribeirão das Neves, na Grande BH. Nesse momento, o crime foi descoberto.

“Da primeira vez, ele foi preso por roubo e estupro. Ao receber o benefício, fez mais uma vítima. Em fevereiro, ele teria direito a ficar mais sete dias longe do presídio, mas, se isso acontecer, ele pode muito bem estuprar outras mulheres”, explicou a delegada.

O homem, por enquanto, cumpre o semiaberto no Presidio Inspetor Jose Martinho Drumond.

Leia tudo sobre: presosemiabertoestuproadolescentebenefício