Operação Lava Jato permitiu a recuperação de R$ 500 milhões, diz MPF

Investigação da Polícia Federal realizou, até agora, 12 delações premiadas que contribuíram com detalhes sobre a quantia usada no esquema de corrupção

iG Minas Gerais | da redação |

A Polícia Federal deflagrou a sétima fase da Operação Lava Jato, que investiga organizações criminosas responsáveis por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em grandes quantias
Polícia Federal em São Paulo/Divulgação
A Polícia Federal deflagrou a sétima fase da Operação Lava Jato, que investiga organizações criminosas responsáveis por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em grandes quantias

Após investigação da Operação Lava Jato, o Ministério Público Federal (MPF) anunciou ter recuperado R$ 500 milhões desviados no esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras. O dinheiro foi recuperado com o fechamento de acordos entre o MPF e outros 12 países, como Estados Unidos, Holanda e Suíça. As informações foram publicadas no portal "G1".

Cerca de R$ 10 bilhões foram movimentados nos desvios investigados pela Polícia Federal. A  Operação Lava Jato realizou 12 delações premiadas, até então, que permitiu segundo a procuradoria, ter acesso aos detalhes dos desvios milionários.

O procurador, Douglas Fischer, responsável pela força-tarefa do Ministério Público que apura a participação de políticos em desvios na Petrobras, acredita que o valor recuperado é histórico para o país. E, destacou ainda, a importância das delações durante o  processo.