Dupla rouba carro de agente penitenciário, mas bate e é presa em BH

Na fuga, suspeitos bateram de frente com um carro, ferindo mãe, filha e neta, de apenas 4 meses de vida e também colidiu com um ônibus, que estava parado em um ponto

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um agente penitenciário, de 27 anos, teve seu carro roubado por dois suspeitos, no bairro Europa, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte, nessa terça-feira (27), reagiu, baleando um dos bandidos, que perdeu a condução do veículo e bateu em um carro e em um ônibus. A dupla ficou presa às ferragens e foi detida.

O agente L.S.F. relatou à Polícia Militar (PM) que estava com seu Gol preto na avenida Salamanta, no sentido centro/bairro, quando foi abordado por dois homens, sendo um deles, armado. A dupla ordenou que o servidor deixasse o veículo e ele o fez. Os bandidos fugiram com o carro e o agente atirou contra os suspeitos. S.O.S., 20, que conduzia o carro, foi atingido por um tiro nas costas e perdeu a condução do veículo, batendo de frente com um Fiesta, que seguia no sentido contrário da avenida, e depois colidindo com um ônibus, que estava parado em um ponto. O acidente foi a cerca de dois quarteirões de onde o roubo aconteceu.

Com as colisões, as suspeitos ficaram presos as ferragens. S.O.S. teve trauma na face, além do ferimento de tiro nas costas. Já J.F.R.S., 19, teve escoriações pelo corpo. Os homens foram retirados do carro pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, sob escolta policial. Um simulacro de arma foi aprendido com a dupla.

No Fiesta atingido pelos bandidos, estavam mãe, de 63 anos, filha, de 41, e neta, de 4 meses de vida. As três se feriram e também precisaram da ajuda dos bombeiros para saírem do carro. Elas foram levadas para o Hospital Risoleta Tolentino Neves.

O subsecretário interino de administração prisional, Samuel Marcelino de Oliveira, esteve no local e acompanhou o registro da ocorrência, segundo a PM. O agente foi encaminhado para uma delegacia do Departamento de Trânsito de Minas Gerais, após entregar sua arma e mostrar sua identificação de servidor público da segurança prisional, atividade que tem porte de arma  

Leia tudo sobre: roubocarroagente penitenciárioduplatirobatida