Taxistas da capital e RMBH se concentram na praça da Estação, em BH

Grupo vai deslocar para a porta da prefeitura, na avenida Afonso Pena

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Cerca de 20 taxistas se concentram, na manhã desta quarta-feira (28), na praça da Estação, no centro de Belo Horizonte. Eles cobram uma posição da prefeitura da capital em relação aos transportes clandestinos.

“Os transportes clandestinos, como carros de passeios, vans e ônibus afetam o nosso salário em 40%. Precisamos ter nosso espaço para trabalhar”, explicou o profissional Marcos Santana, de 38 anos.

Além do combate aos clandestinos, o grupo pede o retorno do direito de transitar na pista exclusiva, a criação de mais pontos de táxi e a implantação de pontos de táxi no período noturno.

“Vamos sair da praça da Estação em direção à avenida Afonso Pena. Ficaremos na porta da prefeitura. Podemos interditar algumas faixas da via”, disse o taxista.

Segundo o motorista, o Sindicato Intermunicipal dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários, Taxistas e Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Minas Gerais (Sincavir-MG) não está envolvido no ato.

A Polícia Militar deve acompanhar a manifestação.

Direito para a família

Nessa terça-feira (27), o prefeito Marcio Lacerda sancionou a lei que dispõe sobre a transferência do direito à exploração do serviço de táxi na capital. 

Com isso, em caso de falecimento ou invalidez do dono da licença, o direito a ela deverá ser transferido ao seu sucessor legítimo. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave