Milícia xiita liberta chefe de gabinete da presidência no Iêmen

Libertação de Ben Mubarak acontece depois de enviado da ONU, Jamel Benomar, ter-se reunido com huthis na segunda-feira (26)

iG Minas Gerais |

A milícia xiita Huthi libertou nesta terça-feira (27) o chefe de gabinete do presidente do Iêmen, cujo sequestro, há dez dias, mergulhou o país em uma crise política. Os Huthi entregaram Ahmed Awad ben Mubarak ao comitê que mediava sua libertação, informou à AFP Hussam al Shargabi, um dos negociadores.

Os milicianos Huthi controlam a capital do Iêmen desde setembro. O sequestro de Ben Mubarak em 17 de janeiro passado marcou o início de uma crise que levou, diante do avanço dos rebeldes, à renúncia do presidente iemenita, Abd Rabbo Mansur Hadi, e de seu gabinete.

A libertação de Ben Mubarak acontece depois de o enviado da ONU no Iêmen, Jamel Benomar, ter-se reunido com os huthis na segunda-feira (26). No encontro, foi acertada a implementação de um acordo político firmado em 21 de setembro passado e que prevê a retirada das milícias de Sanaa.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave