Minas passa pelo Basquete Cearense e segue firme entre os primeiros

Diferença no placar foi de quase 30 pontos, deixando clara a superioridade dos donos da casa

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 27.1.2015 - NBB Novo Basquete Brasil - Partida entre Minas x Basquete Cearense na Arena Minas em Belo Horizonte MG. Na foto, Danilo do Minas.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 27.1.2015 - NBB Novo Basquete Brasil - Partida entre Minas x Basquete Cearense na Arena Minas em Belo Horizonte MG. Na foto, Danilo do Minas. Foto: Douglas Magno / O Tempo

Para quem pensa alto em um torneio equilibrado como o Novo Basquete Brasil (NBB), perder pontos para equipes que estão na parte de baixo da tabela é um daqueles desperdícios desnecessários.

Ciente da importância de fazer o dever de casa contra o Basquete Cearense-CE, antepenúltimo colocado, o Minas foi pra cima do adversário e venceu por 90 a 63, confirmando a boa campanha. O triunfo foi o de número 12 em 18 jogos disputados até aqui, mantendo o time do técnico Demétrius Ferracciú entre os primeiros colocados.

“Não vemos a equipe deles como um time que está abaixo na tabela e sim como um adversário que está brigando por melhores posições e que conta com muita qualidade, tendo condições de ganhar jogos fora de casa. A nossa mentalidade é essa e não deve mudar. Temos que seguir jogando forte e defendendo bem para vencer as partidas”, indica o ala Alex do Minas, cestinha da partida com 16 pontos ao lado do pivô Araújo, do time de Fortaleza.

Com bom aproveitamento ofensivo e vendo um adversário desperdiçar arremessos e muitas posses de bola, o Minas conseguiu, ainda no primeiro quarto, abrir vantagem que chegou a ser o dobro de pontos do oponente, para desalento do técnico Alberto Bial, do time nordestino.

Com o placar tranquilo a seu favor, os donos da casa administraram o resultado, não deixando de lado a postura de um sistema defensivo eficiente, que deu trabalho para os cearenses.

Depois do primeiro tempo terminar 44 a 28 para o Minas, a parte final do jogo continuou com controle dos donos da casa. No entanto, os cearenses não desistiram e chegaram a diminuir a diferença para oito pontos no final do terceiro quarto.

Quando o Basquete Cearense crescia na partida, uma marcação da arbitragem tirou Alberto Bial do sério. A reclamação gerou falta técnica a favor do Minas, que viu o treinador adversário chamar o juiz de safado e maldoso. 

Apesar do esforço cearense, o Minas logo retomar as rédeas da partida, sem ser surpreendido. 

Na quinta-feira, o time da capital mineira pega o Uniceub-BRB-Brasília-DF, dentro de casa, às 20h. 

Leia tudo sobre: basquetenbbminas