Criminosos atiram contra base da GCM após explodir caixas eletrônicos

Base da Guarda Civil Municipal de Pirapora foi atingida por tiros de fuzil, disparados por grupo, durante a madrugada desta terça-feira (27)

iG Minas Gerais | Folhapress |

Um grupo de criminosos atirou contra uma base da Guarda Civil Municipal após explodirem caixas eletrônicos de duas agências bancárias localizadas embaixo do prédio da prefeitura de Pirapora de Bom Jesus (Grande São Paulo), na madrugada desta terça-feira (26).

Três guardas municipais ouviram ao menos cinco barulhos de explosões, por volta das 3h30. Quando olharam pela janela viram uma quadrilha explodindo caixas eletrônicos do Banco Santander e Bradesco. Eles tentaram se abrigar na base.

Na fuga, parte da quadrilha parou um carro em frente à base da GCM, no centro da cidade e disparou tiros de fuzil. Segundo a GCM, os guardas de plantão trocaram tiros com os criminosos, que fugiram em direção à cidade de Araçariguama.

Dos oitos tiros disparados pelos criminosos, um acertou um carro da GCM e outros sete as paredes da base. Nenhum GCM ficou ferido. O caso será registrado na delegacia de Santana de Parnaíba.