São Paulo faz pouco caso de patrocínio do Palmeiras

Diretor de marketing do tricolor chegou a comparar clubes a abacaxi e banana: "são preços diferentes"

iG Minas Gerais | Da redação |

Patrocínios renderão muito aos cofres do Palmeiras
Divulgação
Patrocínios renderão muito aos cofres do Palmeiras

Depois de ver o rival Palmeiras fechar um grande patrocínio com a Crefisa, empresa com quem também negociava, o São Paulo minimizou o “chapéu” do adversário. O diretor de marketing do tricolor paulista chegou a fazer uma comparação bastante polêmica: “”um oferece banana, outro abacaxi”, disse.

Em entrevista à ESPN, Ruy Mauricio explicou que a equipe comandada por Muricy Ramalho não pode receber um valor semelhante aos R$ 23 mi anuais do Verdão são "fora da realidade do São Paulo".

“O Palmeiras está negociando valores que não fazem parte da nossa realidade. São produtos completamente diferentes. Se a gente fosse fazer nesses mesmos valores, já teríamos fechado algumas parcerias também. O mercado está muito difícil, mas estamos com pelo menos seis conversas em andamento. Por esses valores, não vamos fechar. Está fora do patamar do São Paulo”, afirmou.

"A conta que você faz é muito simples: olha a exposição de mídia que o São Paulo teve no ano passado, e compara com o Palmeiras, e lembra que estamos na Libertadores e eles não. É só por isso que não dá para ser o mesmo valor. Um oferece banana, outro abacaxi. São preços diferentes. Nem acho que tem de ficar comparando, é só uma explicação do por que a gente não vai fechar por esses valores. O Palmeiras fez bons negócios, para a realidade deles", completou. 

Leia tudo sobre: palmeirassão paulopatrocíniocrefisadireto de marketingchapéu