Polícia encontra tanques de guerra e cargas roubadas em galpão em SP

Oficiais do Exército foram acionados e estiveram no local para verificar os tanques; um oficial disse que os tanques não pertenciam ao órgão, mas seria feito levantamento para verificar a origem

iG Minas Gerais | Folhapress |

Policiais militares encontraram dois tanques de guerra sem o sistema de armamento e contêineres com cargas roubadas em um galpão, na região do Ipiranga, na zona sul de São Paulo, por volta das 18h30 de segunda-feira (26). Um suspeito foi preso.

Os policiais receberam uma denúncia de que no galpão localizado na rua Albino de Morais funcionava um desmanche clandestino de carros roubados. Quando entraram no local foram surpreendidos com dois tanques de guerra, um deles parcialmente desmontado.

"No mínimo inusitado, quando você vai averiguar uma denúncia de desmanche espera encontrar carros e não blindados", disse o tenente Andrey Sudatti do Carmo, da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar).

Oficiais do Exército foram acionados e estiveram no local para verificar os tanques. Um oficial disse que os tanques não pertenciam ao órgão, mas seria feito levantamento para verificar a origem. Horas depois do início da apreensão das cargas roubadas, os filhos proprietário do galpão, que não quiseram se identificar, compareceram ao local depois de ver reportagens na televisão sobre apreensão de tanques.

Os jovens disseram à polícia que os tanques de guerra foram comprados em um leilão pelo pai, oficial aposentado do Exército, em 2003, e que tinham a documentação.

Segundo os jovens, desde a compra os tanques estão guardados no galpão e saíram do local apenas para eventos de colecionadores. Também havia um Mercedes ER-55 e um caminhão dos donos do galpão.

No local, também foram encontrados contêineres com cargas roubadas de lataria de veículos chineses e mais de 500 televisores LCD de 42 polegadas, além de um caminhão semirreboque roubado.

A carga de televisores, avaliada em R$ 900 mil, foi roubada no último sábado (24) na rodovia Anhanguera, entre as cidades de Jundiaí e Cajamar. O caminhão foi localizado um dia depois abandonado na região do Parque Novo Mundo, zona norte de São Paulo.

Já as peças de carro foram roubadas na rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (Grande São Paulo), na última sexta-feira (23). O boletim de ocorrência foi registrado em uma delegacia em Santos, segundo a Rota.

Com relação às cargas roubadas e o caminhão semirreboque, os jovens disseram que estiveram na última sexta-feira (23) no galpão e não havia os objetos no local. A família desconfia de um homem que passou a dormir no galpão desde que eles começaram a ter problemas de invasão do local. Um homem foi preso no local. Segundo o tenente Sudatti, o suspeito disse que apenas tomava conta do galpão e que às vezes as pessoas vinham no período da manhã para deixar ou retirar produtos.

O caso foi registrado no 16º DP (Vila Clementino) e as cargas apreendidas entregues aos proprietários. Os tanques de guerra permanecem no galpão.